Os Acadêmicos Edmundo de Souza e Silva, do Programa de Engenharia de Sistemas e Computação da Coppe/UFRJ, e José Roberto Boisson de Marca, do Centro de Estudos em Telecomunicações (Cetuc) do Centro Técnico Científico da PUC-Rio (CTC/PUC-Rio), foram contemplados com o prêmio 1º Destaques em Governança da Internet no Brasil. O anúncio oficial dos 30 contemplados no ano de 2020 foi realizado, dia 29 de maio, durante evento virtual das comemorações dos 25 anos do CGI.br., transmitido via Youtube (www.youtube.com/user/NICbrvideos).

Os premiados foram indicados por uma comissão formada e aprovada no pleno do CGI.br, composta por conselheiros dos setores representados. Na ocasião do evento comemorativo do Comitê, também foi lançado o site oficial do prêmio (www.premiodestaques.cgi.br), contendo informações e trajetória de cada um dos contemplados. Em sua primeira edição, a premiação é uma iniciativa do Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br.), e será concedida anualmente para proporcionar o reconhecimento público de pessoas ou organizações que contribuem com o desenvolvimento da Internet no Brasil. Seja por meio de suas ações, ou realizações, ideias e soluções criativas e perenes que tenham significativo alcance e impacto comunitário.

O Acadêmico Edmundo de Souza e Silva dirige o Laboratório de Análise de Modelagem e Desenvolvimento de Redes e Sistemas de Computação da UFRJ. Foi professor / pesquisador visitante em universidades e centros de pesquisa de renome. Foi co-presidente do Comitê de Programa Técnico das principais conferências internacionais e brasileiras das sociedades IEEE, ACM e IFIP, da Sociedade Brasileira de Computação, incluindo a Terceira Conferência Internacional sobre Sistemas de Comunicação de Dados e seu Desempenho.

Edmundo foi eleito para o Conselho de Administração da ACM / SIGMETRICS por 2 mandatos (2001-2005) e foi presidente do IFIP WG 7.3 de janeiro / 2008 a jul / 2014 (ver também IFIP WG 7.3 ). Atualmente é professor titular do Departamento de Engenharia de Sistemas e Ciência da Computação da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Ele também é “Pesquisador I-A” do Conselho Nacional de Pesquisa do Brasil, membro da Academia Brasileira de Ciências. Em 2008, recebeu a medalha da Ordem Nacional de Mérito Científico do Presidente do Brasil.

O Acadêmico José Roberto Boisson de Marca tem uma ampla carreira no desenvolvimento da internet no Brasil. Quando foi diretor do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), em 1990, autorizou a concessão dos primeiros recursos para a implantação da Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNEP), organização social que é responsável pelas ligações centrais de um sistema da rede acadêmica brasileira.

Em 2014, foi presidente mundial e CEO do Instituto de Engenheiros Elétricos e Eletrônicos (IEEE), a maior organização profissional do mundo com importante presença na área de padronização. Boisson também exerceu a função de presidente mundial da IEEE Communications Society. Durante a sua gestão como presidente do IEEE, Boisson impulsionou iniciativas na área de governança da internet, reconhecendo a importância desse tema para o futuro da rede e seu impacto inestimável para a humanidade. Foi elevado ao grau de Fellow do IEEE em 1995, tendo sido o primeiro engenheiro da América Latina, da área de tecnologia da informação e comunicações, a receber tal distinção.