O Acadêmico Albert Melo, que também é pesquisador sênior do CEPEL e Professor do Instituto de Matemática e Estatística da UERJ, participou no dia 03 de junho como palestrante do workshop “Valuing Hydropower Flexibility in Evolving Electricity Markets”, promovido no âmbito do Hydropower Technology Collaboration da Agência International de Energia (IEA Hydro). O objetivo do workshop foi discutir como os serviços de flexibilidade na rede elétrica são definidos e adquiridos e até que ponto esses serviços são compensados ou remunerados em diferentes partes do mundo. E, também, debater o papel da energia hidrelétrica na prestação de serviços de flexibilidade à rede elétrica.

À medida que volumes cada vez maiores de fontes variáveis de energia renovável (VREs) são integradas aos sistemas elétricos, surge a necessidade de flexibilidade e armazenamento de energia em escalas de tempo que variam de milissegundos a meses. Também, torna-se mais importante fornecer a capacidade de potência necessária nos momentos adequados.

“Atualmente, a hidroeletricidade é a maior fonte de energia renovável, e as usinas hidrelétricas – com reservatório, fio d´água e de bombeamento – vem desempenhando um papel importante na integração e no suporte às VREs, e podem oferecer soluções livres de emissões, particularmente por longos períodos. No entanto, hoje esses serviços não são totalmente reconhecidos nem adequadamente remunerados em nenhum mercado. Adicionalmente, a energia hidrelétrica deve competir com várias outras tecnologias para fornecer esses serviços do sistema, como baterias, outras tecnologias de geração despacháveis, resposta à demanda, redes inteligentes, etc. Assim, há a necessidade de melhor compreender os possíveis recursos de flexibilidade que as hidrelétricas podem oferecer à medida que os sistemas globais de eletricidade sofrem transformação”, avaliou o Acadêmico Albert Melo.

Também participaram como palestrantes do workshop Atle Harby (SINTEF, Noruega – coordenador do grupo de trabalho), Audun Botterud (Argonne National Laboratory – EUA), Elena Vagnoni (EPFL, Suíça), Donald Vaughan (Entura, Austrália), SS Barpanda(Posoco, Índia), Fredik Anersen (NVE, Noruega), Guillaume Tael (Hydro Quebec, Canada), Abishek Somani (Pacific Northeast National Laboratory, EUA).