Morre Acadêmico Máximo Borgo Filho

Faleceu no dia 24 de abril o Acadêmico Máximo Borgo Filho, que lutava contra um câncer. Membro da ANE desde 2014, Máximo Borgo, que nasceu Vitoria (ES), era engenheiro civil com pós graduação na Wayne State University, EUA e da Escola Superior de Guerra.

Ao longo de sua vida foi professor, engenheiro e consultor. Na Universidade Federal do Espírito Santo (UFES) chegou ao cargo de reitor, mas atuou também como Professor Titular da Disciplina de Portos e Vias Navegáveis, Chefe do Departamento de Hidráulica, Diretor do Centro Tecnológico.

Como Engenheiro do Porto de Vitoria  exerceu diversas funções  inclusive  a de Diretor das Áreas de Engenharia e Operações da Cia Docas do E.S. Como Sócio-Diretor Consulport-Consultoria em Transportes foi responsável técnico por inúmeros trabalhos, dentre eles o de atualização do Plano de Zoneamento e Desenvolvimento dos Portos de Vitória e Barra do Riacho.

Era também Professor Emérito da UFES e membro do Instituto Histórico e Geográfico do ES. Escreveu o livro “Elementos de Engenharia Portuária” e recebeu a Ordem do Mérito da Educação no grau de Cavaleiro.

Deixa um legado para a engenharia do País. A Academia registra sua homenagem a esse grande engenheiro e presta solidariedade à família.