A Academia Nacional de Engenharia (ANE) nomeou os coordenadores de seus Comitês Técnicos Permanentes. Foram indicados pela diretoria os seguintes Acadêmicos: Jerson Kelman (Saneamento); José Castilho Piqueira (Inovação); Maurício Renato Pina (Logística); e Paulo Alcântara Gomes (Educação). O Acadêmico Jerzy Lepecki foi reconduzido na coordenação do Comitê de Energia.

Os coordenadores terão a missão de produzir estudos sobre os mais importantes temas de cada área. Entre os comitês, o mais antigo é o de Energia que já produziu diversos documentos e posicionamentos. Um dos textos mais recentes, aprovado pelo Comitê, foi “Estratégia para Soluções de Mitigação – Covid 19 e o Setor Elétrico”, emitido em maio deste ano e encaminhado para o Ministério Minas e Energia e para a Aneel.

A oficialização dos coordenadores foi realizada durante a Sessão Plenária virtual do dia 24 de junho. Agora, os responsáveis deverão montar seus grupos de trabalho que poderão ser compostos por Acadêmicos e convidados.

“Os coordenadores foram selecionados entre os acadêmicos por serem profissionais com reconhecidas e prestigiosas atuações nos respectivos setores. No cenário que temos hoje, medidas devem ser adotadas de forma rápida e consciente para que o País possa melhorar o seu desempenho. A Academia é uma entidade propositiva que tem entre seus objetivos, sugerir e indicar iniciativas aos governos federal e estaduais e gestores de entidades públicas visando o desenvolvimento acional. Nossos comitês têm a responsabilidade de elaborar estudos e orientações capazes de subsidiar as decisões políticas. Tenho certeza de que, via comitês, a Academia irá contribuir para superarmos esta fase”, explicou Francis Bogossian, presidente da ANE.

Os coordenadores
Jerson Kelman – engenheiro civil, mestre em hidráulica e doutor em Hidrologia e Recursos Hídricos. Professor, exerceu o cargo de presidente da Sabesp por três anos. Também presidiu a Agência Nacional de Águas, a Agência Nacional de Energia Elétrica e a Light.

Jerzy Lepecki – Atuou como chefe do Setor de Cálculos Elétricos e Planejamento do Sistema da Cemig. Foi um dos primeiros engenheiros da CEMIG, diretor da CELPA. Na Eletrobrás, foi Diretor Geral do Centro de Pesquisas de Energia Elétrica (Cepel).

José Castilho Piqueira – Engenheiro eletricista com mestrado e doutorado pela Escola Politécnica da USP, onde também se formou em Controle e Automação (1997). Atualmente é presidente do Conselho Superior do Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN).

Maurício Renato Pina – Engenheiro civil, professor da área de transporte da UFP. Foi diretor de Transportes Terrestres e Aeródromos da Secretaria de Transportes, Energia e Comunicações do Estado de Pernambuco.

Paulo Alcântara Gomes – Graduado em Física e em Engenharia Civil pela UFRJ, com mestrado e doutorado (COPPE/UFRJ) em Engenharia Civil, sempre foi ligado às questões da educação. Atuou como professor e exerceu o cargo de reitor da UFRJ, foi presidente da Abenge (Associação Brasileira de Ensino de Engenharia), do Sebrae RJ e da Rede de Tecnologia Inovação do Rio de Janeiro (Redetec).