Trajetória dedicada à inovação

 

 

 

 

Matemático participa do Programa Brasileiro de Desenvolvimento em iOS

 

cjpl-17-11-2016

 Coordenador do Laboratório de Engenharia de Software é um dos criadores
do Departamento de Informática da PUC-Rio

 

 

O Coordenador do Laboratório de Engenharia de Software do Departamento de Informática da PUC-Rio, professor Carlos José Pereira de Lucena, foi eleito para o Quadro de Membros Titulares da Academia Nacional de Engenharia (ANE) e toma posse no dia 24 de novembro de 2016.  A trajetória de Lucena está conectada à Universidade, onde operou o primeiro computador da América Latina, instalado no Edifício Cardeal Leme, na década de 1960, ainda como estagiário do Centro de Computação da Universidade. Atualmente, ele supervisiona o Programa Brasileiro de Desenvolvimento em iOS.

Professor Titular do Departamento de Informática, desde 1982, Lucena ingressou na PUC-Rio, em 1962, onde se formou em Matemática e Economia. Posteriormente, esteve à frente da área de Matemática Computacional e foi um dos fundadores do Departamento de Informática que, desde 1977, ocupa a primeira posição na avaliação da CAPES.

Em outubro, Lucena foi contemplado com o Prêmio de Destaque na Formação de Recursos Humanos de Excelência em Engenharia de Software, durante o Congresso Brasileiro de Software. De acordo com o professor, a nomeação para o Quadro de Membros Titulares da ANE foi recebida com entusiasmo, já que, segundo ele, a área em que atua no momento não é considerada tão tradicional quanto às outras habilitações da engenharia.

– Eu fiquei realmente muito satisfeito com a titulação. Sobretudo, porque com a minha formação, em matemática e computação, desenvolvi, eu diria, a engenharia virtual. O que não integra as áreas tradicionais como engenharia mecânica, civil e elétrica – diz.

O professor coordena alunos de diferentes cursos no Programa Brasileiro de Desenvolvimento de iOS, sediado na PUC. O projeto é composto por estudantes de Comunicação Social, Administração, Design, Computação, Engenharia, entre outras formações. Os alunos atuam como estagiários e realizam desafios a partir de problemas com aplicabilidade real.

– Nós realizamos um concurso interno aberto para alunos de graduação de todos os acervo pessoal Carlos Lucena Matemático participa do Programa Brasileiro de Desenvolvimento em iOS departamentos. No último ano, 19 trabalhos voltados para medicina, desenvolvidos pelos estudantes, obtiveram sucesso. Hoje, o nosso foco é criar um dispositivo voltado para a adoção de crianças. Ou seja, passamos de uma questão técnica, na medicina, para um trabalho de cunho social – observa.

cjpl-17-11-2016-1

Professor Carlos Lucena, em maio de 1986, na aula.
Desde 1965, ele integra corpo docente da Universidade

 

 

Lucena relembra como foi participar do Centro de Computação da PUC-Rio como estagiário, ao lado de outros 15 colegas que operavam o que na época se chamava de Cérebro Eletrônico.

– Aquele era um computador enorme. Ele era utilizado para aplicações cientificas feitas por garotos, com a orientação de um professor. Na graduação, virávamos a noite resolvendo problemas na máquina. Na PUC, somos pioneiros na área da computação – relembra o matemático.

Lucena afirma que um dos maiores prestígios da carreira reside nos pupilos que formou.

– Meus alunos são as minhas “meninas dos olhos”. Este é o meu maior orgulho. Trabalhar na PUC ao lado deles é um prazer redobrado. É muito rico trabalhar com estudantes jovens e brilhantes.

Em 51 anos de vida na Universidade, o professor Carlos José Pereira de Lucena foi coordenador de Pós-Graduação, Diretor do Departamento de Informática, Decano do Centro Técnico Cientifico e Vice- -Reitor, além de participar de todos os órgãos colegiados da instituição. Mestre pela Universidade de Waterloo, no Canadá, doutor pela Universidade da Califórnia of California at Los Angeles e com pós-doutorado pela IBM Research, Lucena é professor adjunto da Universidade de Waterloo e pesquisador do Fraunhofer Institute FIRST, de Berlim. Desde 2010, ele é presidente do Instituto Nacional de Ciências da Web e o primeiro brasileiro a receber o título de Fellow da Association for Computing Machinery, a mais graduada categoria da associação mundial de computadores.

 

 

 

Fonte: http://jornaldapuc.vrc.puc-rio.br/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?infoid=4975&sid=40#.WCidmvkrJPb
Por: Camila de Araujo/Foto:JP Araujo e acervo pessoal Carlos Lucena