Entidades vão enviar ao governo sugestões para segurança de barragens

Ideia surgiu durante encontro de especialistas com o secretário do Ministério de Minas e Energia, Alexandre Vidigal

 

O secretário de Geologia, Mineração e Transformação Mineral do Ministério de Minas e Energia (MME), Alexandre Vidigal de Oliveira, teve encontro com especialistas no Rio de Janeiro

No início de fevereiro, o Presidente e o Vice-Presidente da ANE, Francis Bogossian e Flavio Miguez de Mello, junto com representantes da Academia Brasileira de Ciências e do Clube de Engenharia do Rio de Janeiro, participaram de um encontro com o secretário de Geologia, Mineração e Transformação Mineral do Ministério de Minas e Energia (MME), Alexandre Vidigal de Oliveira para debater sobre segurança em barragens. Na reunião, ficou decidido que as entidades vão enviar sugestões para que o governo possa tomar providências com relação ao problema de barragens. A ideia e impedir a ocorrência de novos desastres, como o de Brumadinho, que gerou impactos ambientais, sociais e econômicos.

Durante a reunião, o presidente da Academia Nacional de Engenharia (ANE), Francis Bogossian, destacou sobre ações de segurança de barragens de rejeitos e defendeu a importância da Lei de Segurança de Barragens, que é baseada em padrões internacionais e que indica que o empreendedor é o responsável legal pela segurança das barragens. Para o presidente da ANE, a lei, que foi aprovada em 2010, “é indiscutível”.