Morre o professor emérito Evando Mirra

 

 

A Academia Nacional de Engenharia (ANE) lamenta a morte do Acadêmico Evando Mirra, nesta sexta, 15 de maio, em Belo Horizonte. Aos 75 anos, o professor Evando Mirra de Paula e Silva transitava por vários campos do conhecimento, como psicanálise, filosofia e letras. Professor emérito do Departamento de Engenharia Metalúrgica e de Materiais da Escola de Engenharia da UFMG, Evando Mirra de Paula e Silva foi vice-reitor da Universidade na gestão 1990-1994 e pró-reitor de pesquisa, além de chefe de departamento e presidente de diferentes entidades do setor educacional, como o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

De acordo com a UFMG, Mirra tem mais de uma centena de trabalhos publicados e era membro de entidades como Associação Brasileira de Metalurgia e Materiais (ABM), Société Française de Métallurgie et de Matériaux (SFM), Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), American Society for Metals – Internacional (ASM) e Sociedade Brasileira de Estudos Clássicos (SBEC). Ele foi agraciado com condecorações e prêmios como Membro Honorário da Sociedade Francesa de Metalurgia e Materiais (França) e Membro da Ordem Nacional do Mérito Científico.

“Era uma pessoa muito especial, um carinho só. Dividi com ele uma fase importante da minha vida e com ele aprendi muito”, comenta a professora Vanessa Guimarães Pinto, reitora da UFMG de 1990 a 1994, de quem Mirra foi vice-reitor. Ela destaca que o professor deixa amigos em toda a Universidade, pois transitava por vários campos do conhecimento, como psicanálise, filosofia e letras.