Jornalista Cristina Serra debate seu recente livro sobre a tragédia de Mariana em seminário na PUC-Rio

A obra “Tragédia em Mariana: a história do maior desastre ambiental do Brasil” será o tema do seminário

 

 

No próximo dia 27, às 17h, a jornalista Cristina Serra, da TV Globo, apresenta palestra na PUC-Rio. A jornalista irá falar sobre seu mais novo livro:  “Tragédia em Mariana – a história do maior desastre ambiental do Brasil” (Record), lançado no início de novembro. Promovido pelo programa de pós-graduação em Engenharia Civil da PUC-Rio, com apoio da Academia Nacional de Engenharia (ANE), da ABMS e do BDM, o evento será no auditório do RDC, no campus da Gávea.

Após a palestra, haverá um debate, coordenado pelos Acadêmicos Alberto Sayão e  Flavio Miguez de Mello, vice-presidente  da ANE. Em seguida, será realizada uma sessão de autógrafos com a jornalista. O evento é aberto a todos os interessados.

A obra é o resultado de diversas matérias que a jornalista fez sobre o caso. Ao longo das 462 páginas, Cristina Serra apresenta a história por trás do rompimento da Barragem de Fundão, da mineradora Samarco, em Mariana, Minas Gerais. Ela revela e esmiúça documentos, procedimentos e condutas sem se afastar da dimensão humana, do componente individual, particular, a memória dos que morreram, a dor dos que restaram, os sonhos – ainda duvidosos – dos que gostariam de recomeçar. No livro, ela cita três acadêmicos: Francis Bogossian, presidente da ANE, Flavio Miguez de Mello, vice-presidente, e Alberto Sayão.

O Acadêmico Flavio Miguez de Mello, citado na página 77, explica que antes das barragens de mineração, os rejeitos eram abandonados no relevo e seguiam para os rios, que os levavam para mar. Já na página 167, a autora lembra que diante da dificuldade de encontrar uma empresa em Minas Gerais para fazer o estudo do impacto dos sismos na região, a força tarefa do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) teve que recorrer a empresas de fora do estado. A escolhida foi a Geomecânica, de Francis Bogossian. Ela destaca ainda na página 227, que no início de 2018 foi convidada pelo Acadêmico Alberto Sayão para fazer uma palestra sobre o assunto, na PUC-Rio, onde retorna no próximo dia 27, dessa vez para falar sobre o livro e as incertezas que existem desde 2015.

 

Serviço
Seminário  “Tragédia em Mariana: a história do maior desastre ambiental do Brasil”
Data: 27/11/18
Hora: Das 17h às 19h.
Local: Auditório RDC, na PUC-Rio – Rua Marquês de São Vicente, 225, Gávea.
Inscrições: Não é necessário se inscrever. O acesso ao evento será por ordem de chegada, enquanto houver vagas.