I Workshop sobre inventários hidroelétricos participativos

 

 

No dia 20 de setembro, ocorreu na sede da ANEEL, em Brasília, o 1º Workshop “Inventários Hidrelétricos Participativos”. O evento contou com a participação da Agência, da EPE, da ONS e da ANA, bem como do Ibama, outros órgãos ambientais, Funai, Ministério Público de Goiás e TCU. Entre outros, a Academia Nacional de Engenharia (ANE) e diversas associações do Setor Elétrico e executivos de várias empresas concessionárias – nacionais e multinacionais – e projetistas de empreendimentos hidrelétricos também estiveram presente.

O evento objetivou ampla discussão sobre os critérios para desenvolvimento de estudos iniciais de aproveitamentos de bacias hidrográficas para estudo de geração de energia em hidroelétricas, com as diversas entidades que atuam nas diversas fases de liberação de concessão, de outorga e de licenciamento ambiental. A principal conclusão do evento foi a adoção da diretriz pela qual os estudos de iniciais, na medida do possível, devem abranger todos os atores que participam da aprovação final e ds licenciamentos dos aproveitamentos hidroelétricos.

O Acadêmico Mário Menel foi incentivador da realização do evento e participou da sua organização, o Acadêmico José Eduardo Moreira participou do debate, o Acadêmico Jerson Kelman fez a palestra de introdução e o Acadêmico Flavio Miguez de Mello participou de uma das duas mesas como debatedor convidado.

Durante o evento foi enfatizada a necessidade de novas hidroelétricas com reservatórios de regularização para garantir a confiabilidade do sistema a custos razoáveis e para compensar a intermitência de outras fontes renováveis.