OLYMPUS DIGITAL CAMERA

“É preciso debater questões nacionais para o desenvolvimento do país”

 

 

Engenheiro eletricista pela Universidade de Brasília (UnB), mestre e doutor pela University of Manchester Institute of Science and Technology (UMIST/UK), Acadêmico Nelson Martins é especialista em dinâmica e controle de sistemas de potência de grande porte. Em 2015, foi eleito membro estrangeiro da Academia Nacional de Engenharia dos EUA e recebeu prêmio Prabha Kundur Power System Dynamics and Control, concedido pela Sociedade de Potência e Energia, do Instituto de Engenheiros Eletricistas e Eletrônicos (IEEE PES). Atualmente, é assistente da Diretoria-Geral do Centro de Pesquisas de Energia Elétrica (Cepel), instituição onde está há mais de 30 anos, já tendo sido chefe de projeto, de departamento e diretor técnico e de instalações.

O acadêmico atua nas áreas de estabilidade de sistemas de potência; análise modal; métodos computacionais para cálculo de autovalores de sistemas dinâmicos de grande porte; projeto de controladores; fluxo de potência em redes elétricas incorporando controles; controle de equipamentos FACTS e de elos de corrente contínua em alta tensão; análise de distorções harmônicas; equivalentes de rede para transitórios eletromagnéticos; análise de blecautes e da recomposição de sistemas após blecautes.

Eleito IEEE Fellow em 1998, recebeu o “CIGRE Technical Committee Award” em 2007 e foi admitido na Ordem Nacional do Mérito Científico (categoria Comendador) do Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), em 2009. Publicou dezenas de artigos, como autor e coautor, nas revistas científicas IEEE TPWRS; IEEE TPWRD; IET GTD; SIAM SISC; Linear Algebra and its Applications, orientou trinta alunos de mestrado ou doutorado e ministrou cursos rápidos sobre dinâmica e controle em 19 países.

“A especialidade que abracei, Dinâmica e Controle de Sistemas Elétricos, sempre foi crítica para a operação segura e confiável de sistemas interligados, sendo ainda mais crítica agora com a participação crescente das fontes renováveis de característica intermitente. Elas exigem simulações mais complexas e adequações ao sistema para que se torne mais robusto frente  a perturbações na presença deste tipo de geração, que não possui os controles  de estabilidade da geração convencional. É preciso pensar novos controles e explorar novas possibilidades”, afirmou o engenheiro, destacando a importância de se investir em pesquisa, tecnologia e inovação.

Nascido em Mato Grosso do Sul, Nelson Martins é também um cidadão preocupado com o país em que vive. “O que me inquieta é esse Brasil desordenado,  inconsequente… Precisamos trabalhar para mudar isso. Precisamos debater as questões nacionais e contribuir para que o país possa elaborar uma estratégia de crescimento e segui-la com determinação”, afirma o engenheiro.

 


Acesse o currículo