Christiano Benedicto Ottoni

Atual Ocupante: Eduardo Eugenio Gouvêia Vieira
Posse: 1999

Christiano Benedito Ottoni é considerado o pai das estradas de ferro no Brasil por ter sido o primeiro diretor da Estrada de Ferro Dom Pedro II e o homem que fez os trilhos subirem a serra do Mar em direção a Minas Gerais e a São Paulo, entre 1855 e 1865.

Foi professor da Escola Politécnica de Engenharia do Rio de Janeiro. Publicou os livros Elementos de Aritmética, Elementos de Álgebra, Elementos de Geometria e Elementos de Trigonometria, que foram utilizados no ensino público e privado em todo o país. Publicou também textos sobre máquinas a vapor, uma biografia de D. Pedro II, uma história da escravidão no Brasil, e sobre a estrada de ferro no Brasil e a emancipação dos escravos.

Em 1835 foi eleito deputado geral pela então província de Minas Gerais, sendo reeleito por diversas vezes. Foi um dos signatários do Manifesto Republicano em 1870, sendo eleito senador pela província do Espírito Santo (1879), e, após a Proclamação da República, senador por Minas Gerais.

Sendo um grande polemista por várias décadas, de 1845 até à sua morte, apesar de ser ferrenho inimigo político do Imperador, era tido por ele como um grande engenheiro e administrador.

Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Cristiano_Benedito_Ottoni

ANTERIOR
PRÓXIMO