Charles Frederick Hartt

Atual Ocupante: Edson Hirokazu Watanabe
Posse: 2013

Charles Frederick Hartt acompanhou Louis Agassiz, de quem foi aluno, em sua viagem ao Brasil. Durante esta expedição, explorou o litoral brasileiro, entre a Bahia e o Rio de Janeiro, reunindo grande coleção zoológica e tornando-se autoridade em história natural da América do Sul. A partir de 1876 exerceu o cargo de diretor do Museu Nacional do Rio de Janeiro, ao qual doou sua importantíssima coleção geológica.

Durante os anos de 1875 e 1877, Hartt foi coordenador da Comissão Geológica do Império do Brasil, que foi constituída por Imperador D. Pedro II no final de 1874, e tinha como enfoque preliminar o estudo da Geologia, da Paleontologia e das minas brasileiras, além de construir um mapa geológico do Brasil. Hartt teve como assistentes Richard Rathburn; John Casper Branner; Orville Derby e dois engenheiros brasileiros, Francisco José de Freitas e Elias Fausto Pacheco Jordão, este último o primeiro brasileiro a estudar Engenharia Civil na Universidade de Cornell, onde se doutorou em 1874, no mesmo ano do doutoramento de Derby [1] [2].

Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Charles_Frederick_Hartt

ANTERIOR
PRÓXIMO