Antônio Aureliano Chaves de Mendonça

Atual Ocupante: Maria da Graça Silva Foster
Posse: 2013

Graduado em Engenharia Eletromecânica pelo Instituto de Engenharia de Itajubá (hoje Universidade Federal de Itajubá) em 1953, trabalhou na “Serra Engenharia Arquitetura” (1954). Aureliano foi engenheiro de obras rodoviárias, entre as quais a ligação de Itajubá a São Bento do Sapucaí, e o serviço de terraplenagem do Aeroporto de Cumbica. Foi Chefe do Serviço de Obras da Prefeitura Municipal de Itajubá (1955-1956), professor titular da Escola Federal de Engenharia de Itajubá (1955-1982), e Diretor Técnico da Eletrobrás (1961). Em Belo Horizonte, foi Professor do Instituto Politécnico da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.

Iniciou sua carreira política como deputado estadual pela UDN (1958-1966), tendo exercido a liderança do governo Magalhães Pinto ao qual serviu como Secretário de Estado da Educação (1964) e Secretário de Obras Públicas.

Foi eleito deputado federal (1966-1974), pela ARENA, tendo sido membro e relator de várias comissões da Câmara, Presidente das Comissões de Minas e Energia e Ciência e Tecnologia. Foi vice-presidente do Instituto de Pesquisas, Estudos e Assessoramentos do Congresso Nacional (IPEAC) e presidente de várias Comissões Mistas do Congresso Nacional. Desempenhou, ainda, vários outros cargos, entre eles: representante do Brasil na Conferência Sobre Energia Nuclear, em Viena, em 1967; relator da Comissão Parlamentar de Inquérito sobre Energia Nuclear, pela Câmara dos Deputados, em 1974; membro do Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas; membro do Comitê Nacional de Grandes Barragens.

Foi governador de Minas Gerais (nomeado em 1974) e Vice-presidente do Brasil (1979-1985). Foi ministro das Minas e Energia no governo Sarney e defendeu a manutenção do programa brasileiro do álcool, o Pró-álcool.

Interessado em tecnologia, quando Secretário da Educação de Minas Gerais visitou os Estados Unidos e o México, em busca de novos métodos de educação. Quando ministro, visitou os principais centros de estudos nucleares da França, Alemanha e Estados Unidos.

Fonte da pesquisa: https://pt.wikipedia.org/wiki/Aureliano_Chaves

ANTERIOR
PRÓXIMO