Álvaro Alberto da Mota e Silva

Atual Ocupante: Pedro Carajilescov
Posse: 1991

Oficial de Carreira da Marinha brasileira, começa a se interessar pela química de explosivos e ingressa na Escola Politécnica em 1911. Em 1916 foi nomeado professor de química e explosivos da Escola Naval. Tornou-se catedrático do Departamento de Físico-Química da Escola Naval tendo incluiu o estudo da física nuclear no currículo acadêmico.

Tinha em mente a criação de uma instituição governamental, cuja principal função seria incrementar, amparar e coordenar a pesquisa científica nacional. Nomeado representante brasileiro (1946) na Comissão de Energia Atômica do Conselho de Segurança da recém-criada Organização da Nações Unidas (ONU), associou-se aos representantes russos na rejeição às propostas do Plano Baruch, em que os norte-americanos pressionavam para controlar as reservas mundiais de tório e urânio (1946). O Almirante qualificou a política dos Estados Unidos de “tentativa de desapropriação” e lutou fortemente pelos interesses soberanos do Brasil.

De 1946 a 1953 os Estados Unidos evitaram qualquer cooperação nuclear com os demais países, mesmo para fins pacíficos. Álvaro Alberto propôs o Princípio das Compensações Específicas: nenhuma transação comercial com minerais estratégicos (termo cunhado por Alberto) deveria se realizar contra pagamento em dólares, mas sim na base de troca de tecnologia, em que o Brasil, assim como outros países subdesenvolvidos, forneceriam a matéria-prima desejada em troca da prioridade na instalação, em seu território, de reatores nucleares de todos os tipos .

Fundou a Sociedade Brasileira de Química em 1922 e presidiu a Academia Brasileira de Ciências em 1935. Grande entusiasta da energia nuclear, foi o representante do Brasil na Comissão de Energia Atômica da ONU, onde chegou à presidência. Foi também o responsável pela criação do Conselho Nacional de Pesquisa, CNPq, que presidiu até 1955.

Álvaro Alberto morreu em 31 de janeiro de 1976.

Fonte de Pesquisa: Wikipédia. https://pt.wikipedia.org/wiki/%C3%81lvaro_Alberto_da_Mota_e_Silva

ANTERIOR
PRÓXIMO