Alfredo Antonio Simões Lisboa

Atual Ocupante: Alberto Henrique Frade Laender
Posse: 2014

Alfredo Antônio Simões dos Santos Lisboa nasceu na Embaixada do Brasil na Bolívia em 1847 e faleceu no Rio de Janeiro em 1936. Bacharelou-se em Matemática e Filosofia pela Univ. de Coimbra (1871). Formou-se em Engenharia pela Universidade de Gand (Bélgica) em 1873. Veio, então, para o Brasil, dedicando-se à engenharia hidráulica.

Realizou muitos trabalhos para o governo, entre eles os de melhoramentos de portos, abertura de estradas e expansão da rede telegráfica. Chefe de Seção da E.F. D. Pedro II (1881/83), engenheiro da E.F. de Pernambuco (1884), engenheiro-chefe da Comissão de Melhoramentos do Porto do Recife e encarregado das Obras Públicas Gerais de PR (1886/90). Engenheiro-chefe da Comissão de Saneamento de SP (1896/97). Inspetor federal de Portos, Rios e Canais (1915/19).

Pertenceu ao Conselho Diretor do Clube de Engenharia, à Soc. de Geografia do RJ, à Assoc. dos Engenheiros Civis de Londres e a outras instituições culturais do país e do estrangeiro. Foi eleito sócio honorário do IHGB em 22 de agosto de 1931. Publicou, além de artigos, discursos e relatórios, os livros: Portos do Brasil, RJ: Atlas, 1927 – Memória descritiva e justificativa do projeto de melhoramento do Porto de Recife Apresentado ao Exmo. Conselheiro Antônio da Silva Prado, Recife: Apolo, 1887 – Crise do Porto de Santos, RJ: I.N., 1926 – Estudo hidrográfico e meteorológico do Porto do Recife, RJ: I.N., 1915 – Tabelas destinadas ao uso dos engenheiros na construção de estradas de ferro, Recife: Apolo, 1885 – A Estrada de Ferro Transcontinental América do Sul. Uma contribuição para o estudo do seu traçado, Recife: Econômica, 1888 – A dragagem no melhoramento de portos e rios navegáveis no Brasil. RJ, I.N., 1901 – Estudo sobre os regimes de exploração industrial nos portos do Brasil, tese, RJ, 1922.

Fonte de Pesquisa: Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro.

ANTERIOR
PRÓXIMO

POPULAR COURSES

2020-07-28T13:03:34-03:00

Graphic Design

Our modern institution is interested in cultivating an environment where young students can come together and learn in a creative and flexible environment. We work collaboratively with our students to achieve outstanding results.

2020-07-28T13:03:34-03:00

Economics

Our modern institution is interested in cultivating an environment where young students can come together and learn in a creative and flexible environment. We work collaboratively with our students to achieve outstanding results.