Data do evento: 11 de abril de 2018

Endereço: PUC-Rio - R. Marquês de São Vicente, 225 , Sala 106 L - Gávea

“Eu e a Engenharia Biomecânica: uma história de amor”

A biomecânica é o estudo da mecânica dos organismos vivos, é o estudo da estrutura e da função dos sistemas biológicos utilizando métodos da mecânica aplicada

A Acadêmica Djenane Pamplona apresenta nesta quarta, dia 11, às 16 horas, o seminário “Eu e a Engenharia Biomceânica: uma história de amor”, na sala 106L, na PUC-Rio. Na atualidade os indivíduos estão vivendo mais e se acidentando mais. A indústria médica é a das que mais cresce no mundo, fazendo com que o desenvolvimento da Engenharia Biomecânica seja fundamental para dar suporte a esta crescente indústria. A Biomecânica, além de ser atualmente uma ciência com laboratórios específicos e diversos níveis de pesquisas, é também uma especialidade e uma disciplina oferecida pelos Cursos superiores de Educação Física, Fisioterapia e Terapia Ocupacional etc.

Já a Engenharia Biomecânica que envolve a engenharia em estruturas, fluidos e materiais etc, é uma área da engenharia e suas pesquisas têm se desenvolvido recentemente. No Brasil diversas Universidades já têm pesquisadores envolvidos na área. Os encontros bienais, ENEBI (Encontro Nacional de Engenharia Biomecânica) ocorrem há onze anos; Petrópolis (2007), Florianólopis (2009), Foz do Iguaçu (2011), Vitória (2013), Uberlândia (2015) e Águas de Lindoia (2018).

Como o Brasil é um país grande o sonho seria criar uma pós-graduação à distância com aulas ministradas virtualmente pelos melhores pesquisadores deste Brasil afora.  Diversas Universidades Internacionais têm Faculdades de Bioengenharia e em especial de Engenharia Biomecânica; sendo dado incentivo especial aos seus pesquisadores e alunos,entre elas estão Stanford, Georgia Tech, Imperial College, Cambridge, Berkeley, MIT, Oxford.

O mercado para Engenheiros Biomecânicos nos Estados Unidos e na Europa está em ascensão, sendo sido oferecidas nos Estados Unidos 15.700 novas vagas de trabalho em 2010, para graduados, sem experiência ou treinamento, com um salário inicial anual de U$ 81.540,00. Espera-se um acréscimo de 62% no número de vagas de trabalho no período 2010-2020 (muito acima da média das outras áreas da engenharia).